O que é o mundo do sensível?

Antes de falarmos do mundo do sensível devemos ter em mente duas linhagens claras de defesas: a clássica clamada a ser resgatada por Werner Jaeger na Paideia e a corruptível que inclui todo o formador, o filosofo formador contrário a distribuição do objeto e mantenedor de um passado sempre mistério, seja qual for a linha da formação: espiritual ou científica.

Sensações não é o ‘mundo do sensível’ e isto a vocês, nossos leitores e seguidores das redes sociais de O Novo Paradigma deve estar bem distinguido e em mente.

Vamos lá!

Sensaçoes

Quem defende na formação as sensações e na história seriam a priori:

  • O Bispo Berkeley
  • Feuerbach

E todos alimentadores dos ideologistas alemães.

Os que aprisionam os homens nas sensações são:

  • Heráclito
  • Platão na sua segunda navegação contrariado por Plotino quem nunca foi neo-platônico
  • Aritóteles
  • atualmente a tríade Dilthey, Focault e Heidegger.

Existem muitos outros que nesta Jornada de Dilthey iremos compreender, mas de antemão estes já valem ao exemplo.

O que eles fazem?

Na formação Feuerbach fala corretamente do pulso fenomênico do ente ‘sensação’, pois é óbvio que o Sol de Plutão ‘sentido’ não é o mesmo que o Sol da Terra, mas note, quando Feuerbach com estas defesas coloca em xeque que o Sol em razão disto não é o mesmo Sol fisicamente temos um gravíssimo problema e principalmente quando se forma um povo inculto e sem o objeto de domínio, arqueológico e que é responsável em dar a Feuerbach a capacidade criacionista de ser filosofo.

Todo o clássico sabe que a sensação é um ente fenomênico, corpo, real, existente e possível, mas a diferença é que o clássico sabe distinguir a sensação ao que significa o mundo do sensível.

O que é o mundo do sensível clássico?

Imagine assim, e isto traremos na Jornada de Dilthey.

Uma criança e conforme Chomsky como todo e qualquer ser humano e até Newton recebe biologicamente a criatividade que é estrutura dada de nosso corpo. Compreenda, até um ‘autista’ possui criatividade e por isso dado um qualquer desafio estes serão capazes de com a ‘criatividade’ superá-los nas suas devidas potências.

Por que nas suas devidas potências?

Porque a criança e um autista juntamente a um adulto possuindo todos ‘criatividade’ são distintos quanto as suas capacidades criativas dada a experiência.

Compreendendo isso, qual seria a diferença de todos estes e Newton que se tornou, além de como todos estes ser um ser ‘criativo’, um criador de forma a ser exemplo ao mundo?

Juntamente a isto porque Newton assim se tornou, um criador, um alto filosofo, e você ou todos de nossos exemplo não?

Porque Newton tinha o objeto dos fundamentos, a res corpórea que tem sua res extensa e faz o homem ‘criativo’, faz este ‘homem’ res cogitans aumentando sua capacidade de enxergar o seu universo e em todas suas categorias.

Defesas hegelianas do materialismo histórico arqueológico contra o materialismo histórico pontual cultural, outros dois termos da moeda que temos de ter em mente.

Bom, compreendendo isso, o mundo do sensível é o mundo criativo daquela criança, adulto e autista, por exemplo, sem o objeto arqueológico o qual este objeto com trigonometria amplia a sua capacidade de compreendendo o mundo macro e micro desenvolver paradoxos, paradigmas, criar como Da Vinci, filosofar, resolver problemas de forma funcionais seja nas áreas da ciência, seja nas áreas da espiritualidade e mundialmente, para toda uma sociedade.

Note que o ‘mundo do sensível’ não é ‘sensações’, mas está para as sensações, pois todos estes de nosso exemplo, a criança, o adulto e o autista e mesmo criativos enxergam o mundo ainda superficialmente. Não possuem na formação o objeto arqueológico e tão quanto a compreensão daquilo que fez Newton se tornar um criador. (Lembre-se, o formador Focault irá estimular a existência de uma sociedade na formação sem o objeto, criando assim o que ele diz ser ‘periferia do mundo’ colocando-se como único filosofo dos filósofos de uma sociedade que não precisa de filósofo, um ‘paradoxo)

Pense comigo! Uma maça que cai na cabeça de alguém é o suficiente para esse alguém desenvolver teorias tais como da ‘gravidade universal e singularidade’?

Note que sobre esta formação ideológica, quimerica, solipsista e aceitável em nossas academias mundiais e pior, historicamente, de um povo que não tem ferramentas para reinvidicar, você, formando, formado, PhD, H1N1, iniciado, etc., a sensação sobre um mundo do sensível vale como formação e formando.

Compreenda, não foi o objeto arqueológico, defesas de Chomsky, que deu a Newton sua capacidade de criador, mas uma ‘maça’ que em algum momento da sua vida caiu na sua cabeça!

Veja bem, imagine quantas crianças, pessoas e no mundo todo e desde Newton acidentalmente receberam uma maça da cabeça. Pergunte-se, porque elas não desenvolveram teorias? Se tornaram criadoras?

Então, note, e isto é profundamente importante. anotem no caderninho, coloquem na geladeira, não esqueçam deste pormenor, pois é sutil. O mundo do sensível é nossa realidade que é real e concreta mergulhada nas sensações, pois não enxergamos o macro e micro do universo, não compreendemos a duração do tempo e seu tempo durável, não tocamos a substancialidade enxergando-a claramente, etc.

As sensações de Feuerbach, ao contrário, é uma doutrina, uma ideologia ao qual lhe convida a mergulhar no ente, fenomeno sensações para ser por ontologia. Exemplo, isso é possível, o sol não ser o sol em razão do que você sente em Plutão ser diferente do que você sente na Terra.

Quais são então as diferenças de potencias de homens e mulheres na formação pela clássica e pelos ideologistas como Feuerbac, Platão, etc, todos ocultadores do objeto?

Os formados pela clássica sabem distinguir o mundo do sensível e as sensações, já os formados pelos corruptos da formação como Feuerbach misturam o mundo do sensível como se este fosse a própria sensação como realidade.

Gostou?

Compartilhe este conteúdo.

Você sabia que a Obra ‘Marx e Engels CONTRA a Ideologia Alemã’ de Rainha do Sol traz estas observações como temáticas?

Apenas R$ 9,90 o e-Book, mas se você fizer o Programa Kindle Unlimited a R$19,90 por mës podendo cancelar a qualquer momento pode ler esta obra e mais de 700 mil obras sem ter que pagar individualmente por cada uma.

O que é o mundo do sensível? 1 - 5