Tudo é sexo!

Tudo é sexo e sendo assim vamos sublimar ou repreender o que recalca. Um jogo de xadrex eficiente para o patrimônio psíquico que jogando em conflito está ao mesmo tempo em acordo com os dois jogadores.

Tanto faz se você grita ‘liberta o sexo’ ao mesmo tempo em que o outro gladeia conservadorismo, não compreendendo realmente o Complexo Edípico Normal e o Sistema Libidinoso quanto a formação do Sistema Psíquico Humano e a Trieb (impulso energético) você continua não resolvendo uma das heranças da Trieb e reclamadas neste termo por Freud na sua Obra Psicologia das Massas e Análise do Eu.

Sabe aquele induzir ‘a massa’ e o individuo para os empreendimentos que se deseja e mundialmente, então, com o grito ‘Liberta o sexo’ este continua sendo o ‘grande objetivo de ouro e jogo’.

Tudo é sexo e a culpa é da religião ao mesmo tempo em que o sexo é pecado e deve ser recalcado e temos aqui dois personagens que influenciam isso nas ‘massas’ e que Freud não aceita para representarem a Psicanálise: Pfister e Reich e no entanto nem se fala de Jung e Adler.

A verdade é que o Sistema Libidinoso da Psicanálise não fala de sexo, mas fala a princípio de um sistema de corda do prazer e desprazer unindo-se agora a um sistema sobreposto e do Complexo Edípico do Ter e do Ser.

Isto explicado de forma muito detalhada no artigo Metapsicanalise de Freud, na verdade Volume XIV das Obras Completas, demonstra os dominios de Freud pela Gestalt Estrutural e domínios da linguística defendidos em época por Saussure que se opõe as absurdas defesas da Gestalt da Escola de Berlim.

Vamos a alguns exemplos práticos!

O bebê nega seu ‘Ser’ interno para pelo impulso autopreservativo ter o prazer de matar a fome que está oferecendo ao seu self as sensações de desprazer. Ao mesmo tempo e nesta mecânica, o bebê internamente precisa por desprazer matar o seu ‘Ser’ pelo ‘Ter’ aquilo que lhe dará prazer e assim como já dito ‘matar a sua fome’ onde neste exato momento alcançando sua satisfação conclue-se pelo ‘Ter’ e em partes o seu Ser em si.

Vamos ao processo?

  • nego meu Ser interno pelo Ter externo (necessário, pois preciso pelo ‘impulso autopreservativo’ matar a fome);
  • sou obrigado a matar meu Ser interno para colocar como evidência meu Ter e que como Ter será sempre de alvo, um objetal;
  • agora satisfazendo pelo Ter e sua finalidade de alvo objetal concluo partes que se evidenciarão no Ser, meu Ser.

Esta é a realidade da ‘fase oral’ freudiana onde o espelhamento está se concluindo pelo primeiro processo no Sistema Psíquico que se manifesta ainda que fantasmagórico e onde o ‘discernimento’ de sistemas intercalados SER/TER e impulsos, funções autopreservativas como mostradas no exemplo acima são uma realidade.

O objetal não é sexual, não tem nada de sexo aqui a não ser um sistema ‘natural’ SER/TER tomando sua forma ao passo que interferido por estimulos ambientais com formatos de estímulos excedentes, não considerando os aspectos da disposição a priori, temos futuramente as suas respectivas causas.

O discernimento é o primeiro processo humano e da natureza.

Sim, isso mesmo. O discernimento é o primeiro processo que se cateriza e naturalmente no Sistema Psiquico e conforme Freud nesta mecanica metafisica de corda SER/TER + Sistema Libidinoso de alvo objetal de prazer, não de sexo, por favor, compreenda isso.

Agora veja que interessante. Skinner é considerado um dos maiores ditadores como pensador moderno, porque ele simplesmente em Walden II pelo comportamento operante aos seus neonatos mata, sim isso mesmo, mata o discernimento inicial que está se formando no Sistema Psíquico e o que será ideal para as manobras midiáticas de um futuro mundo idealizado.

No caso do bebê de Skinner ele não precisa nesta fase do desenvolvimento psíquico inicial conflituar com seu Ser self, pois ele ‘Ter’á tudo que desejar, basta se movimentar.

Quanto ao prazer do sexo e no Sistema Libidinoso, o termo sexo direto e relatado por Freud será muito claro e relacionado ‘diretamente’ a puberdade.

Entenda: ‘O sexo que também como o se alimentar desenvolve os aspectos do prazer’ usa os 5 sentidos. Se alimentar e sentir por prazer ternura ao se alimentar usa os 5 sentidos tão quanto o futuro sexo direto na puberdade.

Por que isto é importante compreender?

Porque primeiro, os dados que indicam que os pais ou familiares são o problema psíquico da pessoa de forma geral como espelho, modelo e em nossa modernidade apenas procuram desviar a compreensão que o Estado tem uma carga enorme sobre este fator quando educa seu povo de forma midiática e não realmente instrutiva afim de manter a massa para apenas as ‘tarefas diárias’ e seus objetivos.

Grite ‘liberte o sexo’ ou grite ‘sexo é pecado’.

Percebendo estes pontos sutis, a realidade é que a nossa confusão mundial, o tal aspecto apocalíptico, não é realmente uma medida milagrosa ou não-causualística, nossa história e o objeto provam isso.

Como mudar isso?

Acreditamos, nós de O Novo Paradigma, que o Curso Gestalt Aplicada a Psicanálise seja um primeiro passo que colabore com estas observações de interpretação e da formação.

Acesse nossa plataforma Ead e saiba mais.

Tudo é sexo! 1 - 3 1

Author: paradigma

O Novo paradigma é um site 'revelador' que discute temas sobre o Santo Graal da Ciência e Espiritualidade resgantando na arqueologia e História a Primeira Filosofia, Metafísica, Teoria das Cordas, Quântica, Física e Tecnologias.