Leituras Incríveis e Profundas

Na Premiere Teses sobre Feuerbach, Rainha do Sul abre e em primeira instância o termo de analise ‘objetktes’ ao qual participa de uma relação direta com o objeto da eversio, o campo, o próprio signo arqueológico.

Precisamos diferenciar, saber diferenciar os objetos da natureza, a natureza como mundo do sensível e o objeto de referência ou mesmo o referencial inercial ao qual é arqueológico e por isso participa profundamente na relação com o objeto da eversio e que ao mesmo tempo é a própria res corporea.

Perceba que do objeto referencial, todos os seus nomes indicam um único objeto para explicar no mundo do sensível os infinitos objetos vistos da natureza.

Esta é a pedra, a ‘pedra angular deixada de esquina’ para ser trocada pelo problema ‘Peor’, ou seja, cultos, sejam monoteístas, sejam politeístas e afastando profundamente o homem da substancialidade, ousia, Deus e sua capacidade ‘vitruviana’ criacional tão quanto compreensão espiritual modular entre reflexão e prática ‘firme’.

Queira ou não é assim que tem início a Obra Teses sobre Feuerbach quando Marx levanta o problema perceptivo de Feuerbach e corruptível contra o objeto, o misturando como referência na natureza, o mundo do sensível.

Marx um Filosofo que sempre foi a favor do Capitalismo, discípulo de Hegel e profundamente contra o ‘comunismo’.

Por que a Natureza se torna o mundo do sensível na perceptiva clássica?

Porque a natureza não mostra aos olhos humano a sua profundidade. Para se adentrar neste universo profundo, seja macro, seja micro o homem e diferente do animal deverá não apenas ler abstrações como compreendê-las; abstrações estas que estão claramente demonstradas no objeto da eversio e toda a sua trigonometria.

Leituras Incríveis e Profundas 1 - Ads 72890 1

Entenda, uma trigonometria que aplicada sobre a própria natureza se prova exata e ao qual como prática esta diretamente relacionada ao conceitos fenomenológicos hegelianos em uma tripartíte de ação homem-objeto e natureza onde o ‘da intuição’ se mescla entre a consciência (intuição hegeliana da prática) e da intuição que não pertence a consciência (intuição kantiana).

Para compreender o uso do objeto na prática sugerimos a obra de Rainha do Sul ‘O Futuro Social de Heidegger’ disponível na Livraria Paradigma com afiliação na Amazon e para compreender a Premiere de Lançamento sobre ‘Teses sobre Feuerbach’ basta acessar o livro abaixo.

Quer se aprofundar sobre estas perceptivas e análises, acesse a Premiere ‘Teses sobre Feuerbach’.

Rianha do Sul

Quer falar com Rainha do Sul

    Author: paradigma

    O Novo paradigma é um site 'revelador' que discute temas sobre o Santo Graal da Ciência e Espiritualidade resgantando na arqueologia e História a Primeira Filosofia, Metafísica, Teoria das Cordas, Quântica, Física e Tecnologias.