Corolário

Corolário

Corolário – proposição que deriva, em um encadeamento dedutivo, de uma asserção precedente, produzindo um acréscimo de conhecimento por meio da explicitação de aspectos que, no enunciado anterior, se mantinham latentes ou obscuros.

Corolário I de Sir Isaac Newton segue esta descrição e segundo nossa autora, pois na relação cartesiana dupla do módulo do signo arqueológico Newton em sua Obra Principia prova seu paralelogramo e forças de base envolvidas ao qual serão necessárias para compreender no quadrado da distância as forças fracas e fortes. A cartesiana metafisica do signo arqueológico possui conforme manuscrito bíblico os valores 6 e 4 da haste vertical e 5 e 5 da haste horizontal, estas são as forças principais. As forcas derivadas desta cartesiana metafisica e arqueológica, cartesiana também defendida por Descartes, são 3 e 3 do valor 6 e de cada lado e 2 e 2 do valor 4 e de cada lado formando uma cartesiana sobreposta a cartesiana principal e que lateralmente somadas 3+2 de cada lado formam o valor 5 e 5 ja descrito. Primeiramente considerando a soma de 2+4 da base deste sistema teremos 6 inferior a 6 da haste vertical deste mesmo sistema e superior nos indicando e conforme Newton considerou que podemos sobrepor uma mesma cartesiana principal destas forças invertida. Neste caso, agora considerando apenas  a cartesiana de haste vertical 6 e 4 e haste horizontal 5 e 5 e sobre ela mesma invertendo uma mesma cartesiana identica de haste vertical 6 e 4 e haste horizontal 5 e 5 percebemos a existencia agora de um paralelogramo de lados 6 e 6 para 5 e 5 na cartesiana ou 4 e 4 para 5 e 5. Esta condição perceptiva e deste objeto arqueológico compreendido por Newton e descrito na Biblia colaborou para o entendimento das relações das forças fracas e fortes no quadrado da distância. Para aior compreensão sugerimos em MENU>WEBINÁRIOS os vídeos listados em Filosofos da Natureza.

paradigma

O Novo paradigma é um site 'revelador' que discute temas sobre o Santo Graal da Ciência e Espiritualidade resgantando na arqueologia e História a Primeira Filosofia, Metafísica, Teoria das Cordas, Quântica, Física e Tecnologias.