Curso I de Euclides 1 - Design sem nome
curso i euclides

Introdução ao Curso de Euclides

Conheça os termos abordados no Curso I de Euclides.

Além das proposições relacionadas e demonstradas com o objeto arqueológico você irá apreciar a relação destas proposições de Euclides aplicadas com o objeto (fenomenologia hegeliana de prática) na nossa realidade, mundo do sensível.

Tempo do Curso

Caso se interesse pelo curso o tempo de apreciação dos módulos são dois meses.

3:4 da Leitura modular do objeto

Antes de iniciar o curso é impresindível a compreensão da proporção 3:4 do objeto ao qual corresponde a terça parte conforme arqueologia e quarta parte que indica no sistema do ‘verbo’ o sistema de fluxo de controle. Este valor será imprescindível para compreender na Proposição I de Elementos de Euclides a abertura e fechamento do buraco de minhoca já analisado pela nossa antiguidade.

Proposição I de Euclides

Junto ao objeto como plataforma de observação do próprio Euclides construiremos a Proposição I de Elementos de forma a compreendermos o módulo e decaimentos ‘C’ Euclidianos que nas proposições subsequentes serão partes deste todo geral da linguagem, desta linguagem arqueológica.

Leitura hegeliana do objeto

Compreedendo o objeto e a Proposição I conseguimos com este módulo trigonométrico e da antiguidade analisar as forças da maré, prever terremotos, compreender de forma profunda e abrangente nossa natureza e universo.

Proposição II de Euclides

A Proposição II de Elementos é uma parte da compreensão de movimento modular do todo da Proposição I. Aqui você compreenderá a relação do objeto arqueológico demonstrada por Euclides em sua obra Elementos que participa de uma resgate de época arqueológico como foram as próprias condutas de Tales de Mileto para compreender a trigonometria da vara.