Conteúdo Programático

Em a Trigonometria Arqueológica Capital será possível compreender toda a relação da Obra Tomo I de Karl Marx explicando a priori como que se constroe o Capital como módulo para ser funcional em uma sociedade antes mesmo de pela trigonometria determinar as demandas de taxativas, distributivas, fronteiras, demandas e ofertas, etc.

Marx sempre foi um clássico adepto profundo a Hegel decompostos pelos jacobinos de extrema esquerda e girondinos de extrema direita unidos pela Monarquia inquisidora conceitual do signo arqueológico na história dialética e arqueologia.

a trigonometria arqueológica do capital

Objetivo e Aprendizado

  • Compreender primeiramente no módulo da trigonometria arqueológica do signo e sua metafísica as categorias de valores capital
  • Compreender a altura do triângulo do signo arqueológico da altura quatro h=4
  • Valores de uso, equivalente e relativo do módulo, valores de troca e módulo do valor desdobrado total, relativo, insuficiente, universal e forma-dinheiro
  • Compreender o módulo de utilidade e não utilidade da mercadoria
  • Compreender a ponte iônica dinheiro da Grandeza Economia
  • Compreender a problemática do Monopólio Capital e Perceptivo
  • Entender o contexto de uma real descentralização Capital e reforma mundial
  • Perceber que para a adequação do verdadeiro Capital não há desigualdades

Modo de Apresentação

Playlist da página @graalonovoparadigma do Facebook.

Como Participar

obs: Você será redirecionado automaticamente não esqueça de salvar o link em meus favoritos. Caso não seja entre em contato conosco setorwebiná[email protected]

Preencha seus dados abaixo corretamente e seja direcionado diretamente a sua playlist.

    Doe para que continuemos a trazer conteúdos para você!